Menu

Tempos modernos!

novembro 20, 2009 - Crônicas

carinho

Hoje vivemos tempos modernos! Nos tornamos modernos até demais! Modernos a ponto de sermos completamente individualistas…solitários!

Hoje temos tudo aquilo que nossos avós ouviram falar, mas nunca acreditarm que seria possível existir.
Bom, quem pensou na evolução dos meios de comunicação, internet wireless, tvs de plasma, celulares, que antes eram enormes e pesados, depois ficaram minúsculos, e agora como quase tudo o que possuímos é portátil, os celulares retomaram o velho tamanho, para que possam comportar câmeras, agandas, rádio mp3, e tudo que mais possa haver de novidade…bom, também acertou.

Mas o que realmente os nossos avós não imaginavam era que o homem conseguiria viver solitário em meio a tantos.

Não sei se pela violência dos dias de hoje, se por uma série de acontecimentos pessoais, ou se pela evolução dos meios, mas a cada dia existem menos pessoas dispostas a fazerem novos amigos, a dizerem “bom dia”, a estender a mão. Hoje não ouço mais falar sobre “cavalheirismo”. Nossa, acho que quase ninguém ouve essa palavra mais…e ainda nos achamos evoluidos!!

Eu queria saber em que?
Evoluímos para sobreviver no mundo de hoje, mas perdemos a humanidade, perdemos o que ninguém imaginava que pudesse ser perdido.

Hoje estamos abrindo mão do que mais importa, do material mais caro e mais bem processado, mas flexível, mas versátil e mais bem acabado…estamos abrindo mão dos nossos semelhantes, e de nós mesmos.
Que idéia de vida deixaremos aos nossos pequenos, se ao invés de chamá-los para jantar com um beijo ou carinho, lhes enviamos um “torpedo”?
Sinceramente? Nã sei!!

Se prestarmos atenção nos nossos dias, poderemos contar nos dedos, de uma mão somente, à quantas pessoas dissemos bom dia, boa noite.

Pois é! Ha quem diga que devemos sempre nos proteger do indesejado. Mas nos protegemos tanto que acabamos sós.
Ningém pára ajudar um idoso a atravessar a rua ou a carregar sacolas, nem mesmo para ajudar uma grávida a subir no ônibus…o “bom dia” dito, é mais uma obrigação que um ato de boa educação, ou respeito.

Os homens das cavernas eram mais educados, ao menos abaixavam a cabeça quando sabiam que fizera algo de errado!

E lá vamos nós, pessoas modernas, plugadas, evoluídas…hahahaha…evoluídas, sei!!
Criamos as evoluções, mas esquecemos, em algum lugar do passado, de continuar evoluindo!

Sai dessa cadeira, ou desse sofá, e vá para a janela respirar um ar diferente. E se pelo caminho algém passar por você, não se assuste, diga “olá”!!

de+maos+dadas