Menu

Sapato velho

abril 9, 2012 - Uncategorized
Sapato velho

 

 

Ao longo de nossas vidas fazemos diversas escolhas. Na verdade cada caminho que decidimos traçar é uma escolha. Seguimos a diante, mas deixamos alguma coisa para traz.

E assim continuamos a nossa caminhada, sem saber muitas vezes o que iremos encontrar pela frente ou se a nossa escolha é realmente a mais apropriada, a mais acertada!

Dessa forma vamos crescendo, amadurecendo, ficando um tanto velhos, e outras tantas vezes, acabamos por relembrar, à noite olhando as estrelas, o que desejávamos ser um dia, quais eram os nossos desejos, nossos sonhos. E é aí que muitos de nos se depara com o que deixou de ser.

Nesse momento sentimos como se aquele sonho, desejo ou simplesmente vontade, não passa de um sapato velho, ali jogado, um tanto empoeirado, e algumas vezes fora de moda. Mas ele ainda está lá. Pode ser que ainda esteja em bom estado, guardado em uma caixa, ou saquinho, mas continua lá!

Com o passar do tempo, por razões diversas, deixamos que alguns desses nossos sonhos, ou algum, em especial, acabe ficando ali parado. Sem nos desfazermos dele, seguimos com uma certeza tola de algum dia o colocaremos nos pés assim como faríamos com um sapato antigo. Mas outras tantas vezes nos falta um pouco de coragem. Não sabemos se aquele “modelo” ainda está na moda, se é viável cravarmos nossas forças naquele sonho e realizá-lo.

Crescemos querendo ser tantas coisas, querendo tanto do mundo, tanto de nós mesmos, que acabamos por abrir mão de pequenos e simples desejos. Tão simples que não víamos nada de mais em deixá-lo guardadinho.

E então, a noite chega trazendo a vontade de sermos aquilo que não fomos e amanhece em nós a vontade de Ser!

É preciso coragem, é preciso persistência, e é preciso esquecer tudo o que os outros acham sobre nosso sonho. É preciso ser maior, ser realmente forte para encarar uma mudança, uma transição e de certa forma, uma imposição ao mundo dos nossos desejos.

É preciso sim, ter coragem para retornar e realizar! Mas é preciso também ter coragem se o que desejamos é abrir mão do que sonhávamos!

Sempre teremos que abrir mão de algum sonho. Sempre! Mas para cada passo dado temos que ter a certeza de que, naquele momento é o melhor a ser feito. Mas nunca, nunca é tarde para olharmos para traz e tentar fazer nossas ações futuras um pouco mais parecidas com o que queríamos.