Menu

Colcha de retalhos

Janeiro 14, 2009 - Crônicas

Toda casa que se preze tem uma colcha de retalhos…bem, até onde eu sei!

Seja ela comprada pronta ou feita pelas tias da família, ou pelas avós queridas, ou pela mamãe. Ou até mesmo comprada em uma lojinha no interior de Minas Gerais, daquelas feita com muito esmero…ah, fala sério, todo mundo tem uma, mesmo que velhinha e desbotada. E quem não tem, quer comprar uma.

A minha já está meio desbotada, e já foi costurada algumas vezes. Hoje já não a lavo em casa, que é para que nenhum retalho solte novamente. Mando para a lavanderia.

Bom, sabemos o quanto é dificio fazer uma destas. Cortar os retalhos, formar um quadrado maior e juntar tudo até que ela esteja ao seu gosto, ou gosto do freguês. Mas é um charme e tem lá as suas qualidades e vantagens.

Sempre quentinha e macia, boa de nos enroscarmos, e quando não mais a queremos, deixamos ela lá na cama do quarto de hóspedes, ou no fundo do guarda roupas mesmo.

Muita coisa em nossas vidas deveriam ser colocadas de lado quando não a queremos mais…seria muito mais fácio. Mas quem disse que a vida é feita de facilidades, errou!

O que é belo, é o que nos deu o meior trabalhão para fazer. Vejam o exemplo dos nossos filhos. Não que estes tenham dado trabalho para fazer (rsrsrsrsrsrsrsrs…ôoo), mas gerá-los é que são elas. E quando nascem são umas gracinhas, lindos de viver.

E por aí vai. É bonito, é trabalhoso!

Mas para quem não abre mão de beleza e outros afins…aprendam a fazer essa colcha de retalhos.

Quentinha, gostosa, e melhor, podemos deixar de lado quando não serve mais. Hahahahaha